Blog

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O conto do Barba Azul, produzido originalmente por Charles Perrault e adaptado pela Dra Clarissa Pinkola Estés, em seu livro Mulheres que correm com os lobos conta sobre um homem muito rico e que causava estranhamento por um detalhe em sua aparência, a sua barba azul.

No conto, ele já havia casado seis vezes, mas ninguém sabia o que tinha acontecido com suas esposas. Um dia ele visitou um dos seus vizinhos e pediu para casar com uma de suas filhas, e toda a família ficou apavorada, mas ele conseguiu casar com a mais nova das irmãs. Os dois casaram e foram viver em um castelo muito nobre.

Algum tempo depois, o Barba Azul saiu para viajar, e entregou a chave de todas as portas do castelo para sua esposa, mas uma dessas portas ele proibiu que ela entrasse. Após alguns dias pensando no que havia lá, sua esposa resolveu bisbilhotar o que havia no quarto, e ela descobriu o macabro segredo do marido: o chão do quarto estava todo manchado de sangue, e os corpos das ex-esposas do Barba Azul estavam pendurados na parede.

Assustada, a jovem esposa sai do aposento, mas para seu espanto, a chavinha começa a sangrar sem parar e suja seu vestido. Ela tenta limpar a chave de todas as maneiras, mas é impossível; assim, a esposa esconde a chave no armário, onde mancha todas as roupas.

Ao voltar de viagem, o homem procura saber se suas ordens foram obedecidas. Ao descobrir a “traição”, ele diz a esposa que ela será a próxima, mas ela pede 15 minutos para se reconciliar com Deus antes da morte. Com esse tempo, ela consegue ajuda e seus irmãos enfim matam o Barba Azul e ela fica livre.

“Todas as criaturas precisam aprender que existem predadores. Sem esse conhecimento, a mulher será incapaz de se movimentar com segurança dentro de sua própria floresta sem ser devorada. Compreender o predador significa tornar-se um animal maduro pouco vulnerável à ingenuidade, inexperiência ou insensatez.”

Dra Clarissa nos deixa alguns ensinamentos importantes, como o fato de que precisamos aprender

© 2016 InspirAda na Computação. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com Software Livre <3

Search